Onde estamos

Escritório Campinas

Contatos Regionais

Contato Imprensa

Fale conosco

Para entrar em contato preencha o formulário abaixo.

Nome*

Email*

Município - UF*

Telefone*

Assunto*

Messagem*

Desejo receber o vosso Infotrade

(*) Campos obrigatórios.

map_5 map_4 map_3 map_6

Envie seu currículo

Preencha o formulário abaixo.

Nome*

Email*

Assunto*

Messagem*

Currículo (pdf)*

(*) Campos obrigatórios.

» » Blog

Melhor desenvolvimento radicular acelera crescimento das videiras

O cultivo de frutas domina a paisagem nas fazendas dos municípios de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA). Dessa região, cortada pelo Rio São Francisco, são exportadas uvas brasileiras para países da Europa. Mas as condições climáticas do chamado Sub Médio Vale do São Francisco, com altas temperaturas e baixa umidade relativa do ar, fazem com que os vinhedos sofram com o estresse climático.

Como resultado, as plantas têm baixa absorção e translocação de nutrientes, alta taxa de fotorrespiração e baixo crescimento radicular, prejudicando seu desenvolvimento. “As empresas que cultivam as frutas buscam constantemente tecnologias para minimizar os efeitos do estresse climático, com o objetivo de evitar prejuízos ao desenvolvimento e ao ciclo vegetativo das culturas. A relação custo x benefício também é considerada por eles”, explica Ramon Maciel Nóbrega, Representante Técnico Comercial da Regional Petrolina.

Uma das principais fazendas produtoras de uvas do país, a Labrunier II, pertencente ao Grupo JD, fez três ensaios com as soluções Tradecorp: o Brasilis II e o Ruter AA. O engenheiro agrônomo, Emanuel Almeida Martinez, gerente do setor de Nutrição de Plantas e Irrigação das fazendas do Grupo JD, afirma que “os resultados atingiram as expectativas da empresa, tanto que passamos a adotar para as demais variedades”. Segundo Almeida, no tratamento realizado durante a formação de uma área de mudas da variedade Sweet Jubilee foram observados um maior desenvolvimento de plantas, uma redução no consumo de fósforo (P) em torno de 60%, bem como uma maior disponibilização e consequentemente absorção dos demais nutrientes pela planta.

Melhor desenvolvimento radicular acelerou crescimento das plantas

 Os ensaios na Fazenda Labrunier II foram feitos durante um ano e meio em vinhedos conduzidos em forma de latada, sob irrigação de gotejamento, com uso de fertirrigação. A iniciativa de promover os ensaios locais foi da Plantebem, empresa distribuidora Tradecorp para a região. Os engenheiros agrônomos Jean Fábio e Diego Santos acompanharam todo o processo, em conjunto com Almeida. Segundo Ramon, o objetivo foi promover uma antecipação na formação das mudas, na variedade Sweet Jubilee, por meio da promoção do rápido crescimento radicular e do melhor aproveitamento dos nutrientes contidos e aplicados no solo, principalmente do fósforo (P). “O Brasilis II, associado ao Ruter AA, contribuiu significativamente no desenvolvimento do sistema radicular das plantas submetidas ao tratamento e acelerou o seu crescimento”, afirma.

Ramon relata os resultados, que foram comparados ao Tratamento Padrão adotado pela Labrunier: “No primeiro ensaio, feito em um vinhedo adulto em produção, os resultados obtidos foram de uma aceleração do crescimento radicular, por meio da emissão de novas raízes. No segundo, em plantio de mudas, foi obtido um crescimento vegetativo acelerado, com qualidade de planta e com níveis de nutrientes maiores do que no Tratamento Padrão, verificados por meio da análise de folha. No terceiro, também em mudas, além dos resultados obtidos no segundo ensaio, reduziu- se 60% do fertilizante fosfatado aplicado e, com isso,30% a menos do custo do TratamentoPadrão.”

Fonte: Revista Infotrade – http://infotrade.tradecorp.com.br/17/#page/1/mode/2up